fbpx

O Mátria Parque de Flores nasceu de um movimento de transformação e conexão com a essência da vida, uma busca pela naturalidade e paz. Um lugar onde a natureza surpreende como uma verdadeira obra de arte a céu aberto. Uma grande coleção de espécies vegetais está cuidadosamente plantada para encantar e despertar os sentidos.

São 30 jardins diferentes, cuja escolha dos temas foi inspirada em memórias afetivas, nas artes e no mundo botânico. No Mátria, conta-se com os ciclos naturais para enriquecer a experiência dos visitantes. O contraste entre a floração nova e aquelas que estão findando, de tons quentes e frios, apresenta a beleza do envelhecer e do renascer a cada estação.

Jardins do Mátria

As características onde o parque seria implantado foram determinantes para o resultado do projeto. O terreno possui atributos que alimentaram o desenho do parque. No projeto de paisagismo, cada jardim, composto dos caminhos e canteiros, foi desenhado para estar encaixado nas formas do terreno. Assim, ao caminhar pelo parque, o visitante poderá descobrir a paisagem criada organizada em camadas que se fundem com a paisagem natural.

As características onde o parque seria implantado foram determinantes para o resultado do projeto. O terreno possui atributos que alimentaram o desenho do parque. No projeto de paisagismo, cada jardim, composto dos caminhos e canteiros, foi desenhado para estar encaixado nas formas do terreno. Assim, ao caminhar pelo parque, o visitante poderá descobrir a paisagem criada organizada em camadas que se fundem com a paisagem natural.

A escolha de temas para os jardins foi inspirada em memórias afetivas, nas artes e no próprio mundo botânico. O Roseiral por exemplo, remete a infância do empreendedor e acreditamos que irá despertar a memória de muitos visitantes. As linhas sinuosas que compõem o Jardim Suave, o Jardim Lilás e o Jardim Degrade que descansam no terreno como pinceladas em uma grande tela. Alguns jardins destacam claramente uma vontade de exacerbar a presença de plantas específicas, como o Jardim das Magnólias, o Caminho das Cerejeiras e os Jardins do Vento compostos por plantas de estrutura forte e formas escultóricas como as Agaves e Aloes.

Mátria, mãe natureza. Um parque de flores, um jardim botânico com acervo exuberante em uma paisagem única dos Campos de Cima da Serra. Mátria, jardins que transformam plantas em arte. Um turismo natural e de esplendor da natureza. Um Parque. Bonito de ver, Bonito de verde, Bonito de verdade.

Uma dica de passeio da Família Fioreze para você

Deixe uma Resposta